Cão e gato brincam depois da administração do vermífugo para filhotes

Vermífugo para Filhotes

Cada fase da vida do pet requer uma atenção e cuidados específicos. Por esse motivo, é comum que os donos de cães e gatos, com pouco tempo de vida, se questionem sobre como aplicar o vermífugo para filhotes.

A administração do vermífugo para filhotes é uma etapa essencial para a saúde do animalzinho. Considerando que nessa fase o gato ou cachorro está em desenvolvimento, faz-se necessário aumentar a proteção contra agentes que podem provocar doenças, como é o caso dos helmintos e protozoários.

Confira a seguir como vermifugar filhotes com segurança e eficiência.

Quando dar o vermífugo para filhotes?

A periodicidade do vermífugo para gatos e cães filhotes é uma das principais dúvidas dos donos. No entanto, a melhor maneira de descobrir qual é a posologia do vermífugo para filhotes é consultando um veterinário.

O acompanhamento profissional é importante, pois, dessa forma o dono garante um atendimento voltado especificamente para as necessidades do pet, tendo como base a raça, a idade, entre outros aspectos do bichinho. No geral, o cronograma da dosagem de cachorros e gatos divide-se da seguinte maneira:

Cães

  • Se possível, é importante vermifugar a mãe 10 dias antes do nascimento dos filhotes;
  • O vermífugo para filhotes de cachorro deve ser administrado pela primeira vez na segunda semana de vida do pet;
  • A próxima dose deve ser aplicada na 4ª semana de vida do cachorrinho;
  • Quando o cão completa 8 semanas de vida é hora de dar a terceira dose do remédio de verme;
  • A quarta dose do vermífugo para cães é administrada quando o filhote completa três meses de vida.

Gatos

  • O vermífugo para filhotes de gatos deve ser aplicado após 30 dias do nascimento;
  • A segunda dose do remédio de verme é administrada aos 45 dias de vida do filhote;
  • Quando o gatinho completa dois meses de vida é hora de aplicar a terceira dose do vermífugo;
  • Alguns veterinários recomendam, ainda, que a dose de remédio de verme para filhotes de felinos seja administrada uma vez por mês até o animal completar 6 meses de vida.

Após essas fases, o recomendado é vermifugar o animal de estimação com um intervalo de 3 a 6 meses. No entanto, a proteção ideal do pet só estará garantida com a avaliação do médico veterinário.

Como aplicar o vermífugo específico para filhotes?

Os donos que já tentaram vermifugar os pets sabem o quanto é difícil fazê-los engolir o medicamento. Fatores como o cheiro e o tamanho do remédio (caso seja em comprimido) interferem na receptividade dos bichinhos.

Por isso, vale a pena utilizar algumas dicas para administrar o vermífugo para filhotes de gato e cachorro. Separamos as principais abaixo:

  • Misturar na comida;
  • Colocar diretamente na boca do animal, intercalando com um petisco para que ele relacione o medicamento à recompensa;
  • No caso dos vermífugos líquidos, que vêm acompanhados de seringa, é interessante colocar o mais próximo da garganta possível para que o pet o engula mais rápido.

Qual é o melhor vermífugo para filhotes?

A variedade de marcas disponíveis na indústria farmacêutica veterinária tornou o processo de escolha mais complicado para os donos. Isso porque a diversidade de opções desses produtos veterinários aumenta a dificuldade do tutor ao escolher o melhor vermífugo para filhotes.

Além de considerar o direcionamento dado pelo veterinário, é fundamental optar pelo vermífugo que oferece a maior proteção para o animalzinho. Nesse sentido, os vermífugos da Chemitec se destacam por agir contra várias espécies de parasitas.

Os remédios de verme da Chemitec combatem formas larvárias e adultas de ancilostomídeos, cestóides e ascarídeos, sendo que, no caso dos cães, essa proteção abrange também os nematódeos e tricurídeos.

O vermífugo para filhotes deve ser aplicado regularmente para que os pets obtenham a maior proteção possível logo no início da vida. Assim, o dono proporciona uma vida mais saudável para o seu animal de estimação.

 

Published by