Mastite bovina: vaca malhada olhando para a câmera

Mastite bovina: Como prevenir?

Caracterizada pela inflamação da glândula mamária, a mastite bovina é uma doença que afeta principalmente as vacas-leiteiras e impacta negativamente em sua capacidade produtiva. O problema pode gerar significativas perdas econômicas para o criador e precisa ser corretamente identificado e tratado para que não se torne um perigo à saúde pública.

A mastite bovina é multifatorial e seu desenvolvimento está relacionado à ação de diversos patógenos (bactérias, fungos e vírus), além de agentes químicos ou traumas físicos irritantes. A condição, portanto, pode ser associada a práticas de manejo deficiente, bem como condições sanitárias ou ambientais insatisfatórias e rotinas de ordenha inadequadas.

Tipos e causas de mastite bovina

A mastite bovina pode ser classificada em clínica e subclínica, e ambas precisam de cuidados específicos para que não ocorram prejuízos significativos na cadeia produtiva. O tipo clínico é mais fácil de ser identificado, uma vez que a mama apresenta sintomas inflamatórios típicos — tais como vermelhidão, inchaço e dor local — e o leite apresenta sinais de alteração como presença de pus e/ou grumos.

A mastite subclínica ocorre de maneira silenciosa e é de difícil identificação, uma vez que as alterações afetam a composição do leite, enquanto os animais não apresentam sintomas clínicos. Este tipo de mastite bovina pode se alastrar por todo o rebanho, muitas vezes tornando-se crônica.

Levando em consideração os agentes causadores da doença, a mastite bovina também pode ser classificada em:

  • Contagiosa: causada por microrganismos infecciosos que vivem na glândula mamária e são transmitidos durante a ordenha, amamentação de bezerros e manipulação humana;
  • Ambiental: infecção causa por microrganismos presentes no ambiente e são disseminados no solo, esterco, utensílios e/ou água.

Diagnóstico e tratamento de mastite bovina

Para evitar que a mastite bovina ou mamite se espalhe no rebanho, é essencial que o diagnóstico seja feito de maneira correta e ágil. Por isso, fazer inspeções regulares nos animais e no leite, bem como aplicar testes capazes de identificar a doença de maneira segura, são medidas necessárias.

Além da palpação do animal, devem ser recolhidas amostras do leite para a realização dos seguintes exames:

  • Contagem de células somáticas;
  • Cultivo de bactérias;
  • Teste da caneca de fundo preto para verificação da presença de grumos, pus ou mudanças na coloração;
  • California Mastitis Test (CMT), que também indica a quantidade de células somáticas.

O tratamento para mastite bovina dependerá do agente causador e do tipo. Um médico veterinário é responsável por avaliar cada caso e indicar a melhor forma de lidar com o problema.

Como prevenir a mamite

Investir em prevenção é, sem dúvida, a melhor forma de manter o rebanho livre da mastite bovina. O correto manejo antes, durante e após a ordenha é um dos principais cuidados indicados e envolve as seguintes ações:

  • Higienizar as tetas antes e depois da ordenha, utilizando produtos desinfetantes específicos para este fim;
  • Manter as máquinas de ordenha sempre limpas;
  • Secar adequadamente os animais antes da ordenha;
  • Sempre descartar os primeiros jatos de leite, após verificar minuciosamente seu conteúdo para detectar alterações e a presença de grumos;
  • Quando necessário, ordenhar os animais com mastite por último.

Para eliminar os riscos ambientais, é recomendado adotar medidas preventivas como:

  • Oferecer alimentação de qualidade e água adequada para consumo;
  • Manter a higiene e ventilação das instalações;
  • Garantir que os animais não sofram estresse;
  • Adotar métodos para controlar insetos, sobretudo moscas;
  • Oferecer treinamento adequado para todas as pessoas que lidam diretamente com os animais, orientando-as a respeito da importância de seguir as recomendações de higiene e como identificar possíveis alterações.

Há mais de 20 anos no mercado brasileiro, a Chemitec oferece variados desinfetantes para bovinos com aplicações específicas para manter tanto os ambientes quanto os animais sempre limpos e higienizados. Sem deixar de mencionar tratamento medicamentoso para a mamite.

Entre em contato com um de nossos representantes e descubra os melhores produtos para prevenção da mastite bovina.

CTA de distribuidores da Chemitec para o blog

 

Published by

Chemitec® Produtos Veterinários