Desinfetante para canil

Assim como as pessoas, os pets precisam de um ambiente limpo e higienizado para viver mais confortavelmente e ficarem menos vulneráveis a doenças e outros problemas. Dessa forma, uma maneira de garantir o bem-estar dos cães é utilizando o desinfetante para canil.

Para tornar o entendimento dessa rotina de cuidados mais simples, veja as diferenças de higienização e a importância de cada uma dela e como o uso de desinfetante para canil se faz tão importante. 

Desinfetante Pet® Chemitec
Desinfetante Pet® para Canil

Higienização, desinfecção e esterilização, qual a diferença?

A higienização costuma ser o primeiro passo da desinfecção, pois, se trata da limpeza para a remoção de resíduos do local em que os pets ficam. Denominados de matéria-orgânica, os resíduos podem ser secreções, fezes, urina, sangue, restos de alimentos, etc.

A higienização normalmente é feita apenas com água e sabão, e pode contribuir para a diminuição dos micro-organismos.

A desinfecção é o procedimento capaz de eliminar a maioria dos organismos que estão presentes nos objetos e tecidos vivos, e que podem ser causadores de doenças. Durante a desinfecção, é necessário utilizar produtos específicos para esse fim, como é o caso do desinfetante para cães.

Já a esterilização é o método utilizado para a destruição dos micro-organismos, sejam eles patogênicos ou não. Realizada apenas em objetos inanimados, a esterilização pode ser feita com desinfetantes específicos ou através de equipamentos de alta temperatura, como estufas e autoclaves.

Qual a importância da desinfecção do canil?

A higienização desse espaço usando o desinfetante para canil é importante por várias razões. A concentração de pets nesses ambientes provoca problemas como a proliferação de bactérias, fortes odores relacionados as fezes e urina e presença de vírus causadores de doenças nos pets.

 Quanto mais animais em um ambiente, maiores as chances de um pet contaminado passar doenças para os demais. Logo, a higienização com a desinfecção do ambiente minimiza as chances dessas ocorrências em locais nos quais vivem muitos animais, como nos canis.

Mesmos os pets que vivem sozinhos devem ter o ambiente desinfetado com frequência, no entanto, em locais que concentram esses animais essa importância é ainda maior.

Com qual frequência fazer a limpeza usando desinfetante para canil?

A limpeza utilizando o desinfetante para canil deve ser realizada de acordo com o número de ocupantes do espaço. Se o animal vive sozinho, por exemplo, essa frequência pode ser semanal.

No entanto, em locais como um canil a periodicidade deve ser diária, de acordo com o ambiente, visando evitar a proliferação de patogênicos e mesmo de fortes odores que incomodem tanto os animais quanto os cuidadores.

Locais como o comedouro, bebedouro e local de banho e tosa, por exemplo, devem ser higienizados todos os dias, pois, acumulam secreções dos animais. Essas secreções são responsáveis pela transmissão de diferentes doenças que acometem os pets.

Quais produtos são contraindicados nos cuidados com o canil?

O uso de produtos de limpeza tradicionais pode ser bastante prejudicial à saúde dos pets. As fórmulas concentram substâncias que causam intoxicação nos animais e resultam em ocorrências como:

  • Vômito;
  •  Fraqueza;
  •  Diarreia.

Além disso, alguns compostos podem afetar o funcionamento dos pulmões, rins e demais órgãos vitais do animal de estimação.

Entre as substâncias presentes nos produtos de limpeza e perigosas para os cães destacam-se: ácido bórico, peróxido de sódio, hipoclorito de sódio, silicato de sódio, treitanolamina, amônia, bissulfeto de sódio e cloro.

Desinfetantes próprios aos pets são mais eficazes que os comuns?

O desinfetante para canil não é mais eficaz que o produto comum em uma casa, por exemplo. A diferença principal e mais importante está nos componentes, como o cloreto de benzalcônio, que permite uma desinfecção eficaz do ambiente sem comprometer a saúde do pet.

O desinfetante para canil da Chemitec tem como benefício o efeito tensoativo, que diminui a tensão superficial da água e facilita a penetração em superfícies úmidas, intensificando a remoção de sujeiras e bactérias durante a limpeza. São formulados na concentração ideal para a ação do ativo cloreto benzalcônio contra as bactérias patogênicas encontradas em ambientes veterinários.

 

Published by